THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES ?

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

sem título (3)

Embora não se possa dizer que os dias sejam iguais, não deixei de sair de casa para me dedicar a mais um dia rotineiro. Bem agasalhada porque o tempo não está de grandes calores, entrei numa pastelaria, a do costume e onde o Sr. João me disse:
- Então menina, Bom Dia, vamos querer o habitual?
- Sim, para não variar. Obrigado.
Trata-se de um copo de leite bem quente e um pãozinho de Deus com um pouco de manteiga. Sentei-me, até porque ainda faltava uma meia hora para entrar no escritório e comecei a saborear o meu pequeno almoço e a observar o entra e sai de um mundo de gente. Uns mais apressados que outros, por sua vez, outros conversando num timbre de voz que quase causa arrepios, conversas de futebol, de mulheres e homens, do dizer mal deste e daquela, enfim, um mar de vida.
Dou de caras com um colega e levantando a minha mão, faço-lhe sinal para que se venha sentar e assim foi. Acompanhado da sua bica, demos dois dedos de conversa, o suficiente para o tempo passar a correr. Saímos e dirigimo-nos ao escritório para começar mais um dia de trabalho.
Uma surpresa logo de manhã e para mim.
Quase mal me tinha sentado na cadeira e sou abordada pelo meu Director, na companhia de um outro senhor.
Diz-me o Director:
- Bom Dia Cláudia, este é o Sr. Thomáz que entra hoje para a empresa e vem ocupar o lugar vago junto de ti.
Delicadamente levanto-me e cumprimento o Sr. e depois o meu Director.
Avançando com a situação, o meu Director diz-me:
- Cláudia, quero pedir-te que ajudes este nosso novo colaborador, o identifiques do que se pretende e lhe dês uma apresentação, o mais apurada possível, sobre a empresa. Gasta o tempo que achares para que nada possa escapar. Quero o Thomáz bem conhecedor de quem somos.
Assumi a função mas... não sem antes reparar o quanto o meu Director me observava. O seu olhar fora do habitual, os seus olhos, a fixação em mim, por vezes o parecer-me interromper a sua conversa e naquele vazio o seu olhar, como se fosse a primeira vez que me via.
Não posso dizer que tenha ficado incomodada, mas... algo de diferente notei e em mim penetrou... e ficou.
.

9 comentários:

Alice Matos disse...

Passei... li-te... e vou...
Um beijo para ti...

GMV disse...

E assim se vai construindo a história... fico à espera da continuação.

Beijo meu e bom fim-de-semana, querido Sérgio.

Sol da meia noite disse...

Quando algo diferente nos toca...

Beijinho grande, meu amigo *
:-)

ButTerfly^kisS disse...

Espero que pronto podamos saber en que acaba tu historia.
Me alegro de que sigas aquí.
Muchos besos, querido amigo.

Mari disse...

Passando para desejar tudo de muito bom, saudades deste amigo!
Beijs do Rio para vc!

amordemadrugada disse...

Olá Sergio
Espero ke estejas melhor...
vim deixar-te um abracito
bom fim de semana

f@ disse...

Olá Sérgio... tb li bem agasalhada...
as nuvens a sabor(e)ar águas frias em pleno céu...

Beijinhos das nuvens

São disse...

Gostei do texto.


Abandonou - oficiosamente- o OPINIÕES?

É que eu não estou interessada a deixar morreo o blogue, mas necessito de ajuda!!

Boa semana.

Lyra disse...

Fico, então, à espera da continuação!

Um excelente fim-de-semana para ti.

Beijinhos e até breve.


;O)

Lyra